nTurismo – conheça o mundo

visite o mundo sem sair de casa

1

Área de conservação do Pantanal

 

O complexo de conservação do Pantanal consiste em um grupo de quatro zonas protegidas situadas no Brasil central Ocidental na fronteira com a Bolívia e Paraguai. O local é parte da região do Pantanal, um dos maiores ecossistemas de zonas húmidas de água doce do mundo.

O Pantanal é uma imensa planície aluvial… Sua paisagem engloba uma variedade de sub-regiões ecológicas, incluindo corredores de Rio, florestas de galeria, perenes das zonas húmidas e lagos, sazonalmente inundáveis prados e florestas terrestres.

Rodeada de planícies e cumes de montanhas, a região apresenta uma paisagem plana com uma pequena inclinação que segue uma direção Norte-Sul, leste-oeste.

A principal fonte de água para o Pantanal é o Rio Cuiabá. A água se espalha e cobre grandes extensões, procurando uma saída natural, que só será encontrada centenas de quilômetros a jusante, na confluência do Rio e o Oceano Atlântico, para além do território brasileiro. Estudos hidrológicos indicam a presença de uma rede de fluxos subterrâneos e um grau de movimento da água abaixo da superfície.

A vegetação está localizada em uma área de transição entre a savana seca, “cerrado”, do Brasil central e a floresta composta do Sul e do Sudeste. A diversidade dos tipos de habitats interagindo produz uma diversidade vegetal notável.

A fauna do Pantanal é extremamente variada e inclui 80 espécies de mamíferos, 650 pássaros, 50 de répteis e 400 peixes. Densas populações de espécies de interesse de conservação, como jaguar, cervos do Pântano, tamanduá-bandeira e Ariranha vivem na região.

O Pantanal é um santuário para aves com muitas espécies que ocorrem em grande número. É um dos mais importantes Pontos de nidificação de aves aquáticas típicas, como cegonha Jabiru, bem como várias outras espécies de garça, íbis e pato, que é encontrados em bandos enormes. Papagaios também são muito diversos, com 26 espécies registradas na área, incluindo a arara, papagaio maior do mundo. Uma grande parte da população selvagem remanescente desta espécie, estimado em cerca de 3.000 aves, habitam a região. Destruição de habitat e captura para o comércio de animais de companhia são dois fatores que, combinados, levaram ao risco de extinção.

Images (c):  world66; Matthew Beeman (public); Saraha and Ian

América do SulÁrea de conservação do PantanalBrasilPantanalPatrimónio da HumanidadeReservas Naturais

Automatico • 21 de Março de 2012


Previous Post

Next Post

Comments

  1. Leda Maria Rezende Pinto da Silva 29 de Março de 2015 - 15:47 Reply

    Eu vou fazer um seminario sobre aria de conservação e escolhi , o pantanal pós queria fica enformada sobre outros acontecimento, de conservação do pantanal, vidio.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published / Required fields are marked *